MENU

 Revisão >> Revisão das principais matérias do Vestibular

Revisão de Literatura

 
Texto Ficcional e Texto Literário

 

Texto Ficcional e Texto Literário

Vamos supor um texto: "Mate-se!" 

Se você achar que é a mensagem que seu amado lhe envia e obedecer, o texto é não literário. Se você achar que tem de compreender essa mensagem de forma simbólica, metafórica, imaginativa, o texto é literário.

Como saber a verdade em relações interpessoais no mundo real? Não sabemos. No texto ficcional, entretanto, estabelecemos esse pacto, também ficcional – temos noção de que tudo que está ali sendo contado é invenção do autor do texto, mas dentro da ficção, tudo é realidade, e não nos questionamos quanto a isso.

Assim sendo, a ficção é sempre uma encenação, um fingimento, dada a própria etimologia da palavra. O texto ficcional é composto por diversos atos de fingir que se relacionam reciprocamente dentro da própria narrativa e que se constroem a partir das repetições da realidade vivencial no texto e que acabam por constituir um ato imaginário relacionado com a realidade que se repete no texto. Dessa forma, como diz Wolfgang Iser:

Assim, o ato de fingir ganha a sua marca própria, que é de provocar a repetição no texto da realidade vivencial, por esta repetição atribuindo uma configuração ao imaginário, pela qual a realidade repetida se transforma em signo e o imaginário em efeito do que é assim referido. (2002: 958)

Um texto será literário, portanto, quando consegue produzir um efeito estético, ou seja, quando proporciona uma sensação de prazer e emoção no receptor. A própria natureza do caráter estético, contudo, reconduz à dificuldade de elaborar alguma definição verdadeiramente estável para o texto literário.
Para simplificar, pode-se exemplificar através de uma comparação por oposição. Vamos opor o texto científico ao texto artístico: o texto científico emprega as palavras sem preocupação com a beleza, o efeito emocional, ao contrário, essa será a preocupação maior do artista.

É óbvio que também o escritor busca instruir, procura perpassar ao leitor uma determinada idéia; mas, diferentemente do texto científico, o texto literário une essa necessidade de incluir a necessidade estética que toda obra de arte exige.

O texto científico emprega as palavras no seu sentido dicionarizado, denotativamente, enquanto o texto artístico busca empregar as palavras com liberdade, preferindo o seu sentido conotativo, figurado.

Concluindo, o texto literário é aquele que pretende emocionar e que, para isso, emprega a língua com liberdade e beleza, utilizando-se do sentido metafórico das palavras.

 

 

<<< Voltar

 

 
 Página Principal

Fale Conosco | Anuncie Aqui | Cadastro | Notícias | Home



 

VestibularWeb - O Site de dicas, notícias e novidades de vestibular pra vc! Desde 07/2000

Topo

.