MENU

 Revisão >> Revisão das principais matérias do Vestibular
Revisão de Biologia
 
Reprodução Sexuada ou Gâmica

 

Reprodução Sexuada ou Gâmica

Conjugação, partenogênese, pedogênese, neotenia, poliembrionia, poliovulação, metagênese.

CONJUGAÇÃO

Observado em protozoados ciliados (paramecium), bactérias e fungos.
No caso do paramecium, dois indivíduos permanecem temporariamente unidos, com a troca de material micronuclear.
Após a troca de micro- núcleos os protozoários se separam.

PARTENOGÊNESE

Fenômeno biológico em que o óvulo é capaz de entrar em desenvolvimento sem que o gameta masculino o tenha fertilizado.

TIPOS DE PARTENOGÊNESE QUANTO AO SEXO DOS DESCENDENTES
PARTENOGÊNESE ARRENÓTOCA

Quando dos óvulos partenogenéticos evoluem apenas machos.
Ex : abelhas, produzindo os zangões.
Tratada só com mel: vira rainha; com mel só no início vira operária.

PARTENOGÊNESE TELIÓTOCA

É aquela que origina apenas fêmeas.
Ex : alguns crustáceos, rotíferos.

PARTENOGÊNESE DEUTÉRICA

Quando são produzidos indivíduos do sexo masculino e feminino.
Ex : ocorre em alguns insetos (lepidópteros)

PEDOGÊNESE

Pedo: criança

Partenogênese no estado larval, elas conseguem produzir precocemente seus óvulos, os quais, logo a seguir, evoluem partenogeneticamente.
Ex : larvas de Schistosoma mansoni, larvas de Fasciola hepática, larvas da mosca Myastor metraloa.  

NEOTENIA

Reprodução larval com fecundação no estágio larval. As larvas apresentam gônadas, dando condições para fecundação.
Ex : larva da salamandra

POLIEMBRIONIA

É o processo responsável pela reprodução de gêmeos monozigóticos ou  univitelinos ou idênticos.
Consiste na formação de dois ou mais indivíduos, a partir de um único óvulo fecundado por um único espermatozóide.
Ocorre por separação de células (blastômeros) no início da segmentação.
Os  embriões possuem o mesmo patrimônio genético, pois derivam de um mesmo zigoto. São sempre de um único sexo.
Ex : poliembrionia em tatus; na espécie humana.
Às vezes, os dois grupos celulares não se separam completamente, originando gêmeos xifópagos ou siameses, que nascem unidos por alguma das partes do corpo. 

POLIOVULAÇÃO

Responsável pela formação de gêmeos dizigóticos, bivitelinos, ou fraternos.
Consiste na formação de dois ou mais indivíduos de dois ou mais óvulos fecundados cada um por um espermatozóide.
Os gêmeos formados assim, apresentam bagagem genética diferente, pois se formam de gametas diferentes.
Ex: cadelas, gatas, porcas, ratos, e eventualmente na espécie humana.

Monozigóticos
Geralmente uma placenta para todos embriões

Dizigóticos
Geralmente uma placenta para cada embrião

Geralmente um córion para todos embriões

Geralmente um córion para cada
embrião

Cada embrião tem um âmnion  

Cada embrião tem um âmnion

METAGÊNESE OU ALTERNÂNCIA DE GERAÇÕES

Observado em algumas espécies animais e vegetais na qual não há uma alternância de ciclos assexuados, notando-se em cada período a ocorrência de formas orgânicas distintas e especiais .
Assim, entre certas espécies de celenterados, por exemplo, há uma fase assexuada de medusas e uma fase assexuada de pólipos.

 

<<< Voltar

 

 
 Página Principal

Fale Conosco | Anuncie Aqui | Cadastro | Notícias | Home



 

VestibularWeb - O Site de dicas, notícias e novidades de vestibular pra vc! Desde 07/2000

Topo

.